Espectroscopia Raman e as aplicações farmacêuticas – Parte 2

Últimas do Fórum Fóruns Farmacopedia Espectroscopia Raman e as aplicações farmacêuticas – Parte 2

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #218
    Up
    0
    Down
    admin
    Mestre

    Continuando com a espectroscopia Raman aplicada à fármacos, uma vez que uma droga potencial é descoberta e o seu processo de síntese é desenvolvido, a espectroscopia Raman pode ser utilizada no monitoramento da evolução da reação com o tempo. Esta análise é feita por meio da avaliação do decaimento das bandas Raman dos reagentes ou do aparecimento das bandas Raman do produto. Além disso, a espectroscopia Raman pode ser utilizada na identificação de caminhos de reação, na análise da cinética, mecanismos e determinar o fim da reação, desde que os marcadores Raman em cada um destes eventos sejam identificáveis.
    A síntese da benzocaína é um exemplo da possibilidade de emprego da espectroscopia Raman no monitoramento de processo. Em uma das etapas desta síntese a proteção do grupo carboxílico é feita por meio da reação do ácido benzoico com metanol em meio ácido levando à formação de metil benzoato, de acordo com o esquema abaixo:

    View post on imgur.com

    O ácido benzoico, reagente, tem uma frequência característica no espectro Raman em ~ 797 cm-1, já o metil benzoato tem uma frequência característica em 817 cm-1. Assim, pode-se acompanhar a evolução da banda do metil benzoato com o tempo de reação.

    View post on imgur.com

    • Este tópico foi modificado 10 meses, 1 semana atrás por admin.
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.